Subestação

Destaque A- A+

(A)Gentes do Riso em ação novamente

Com o patrocínio da Eletrosul, o projeto social (A)Gentes do Riso volta a levar doses de bom-humor, alegria, poesia, música e dança aos mais de 100 pacientes internados no Hospital Infantil Joana de Gusmão, em Florianópolis (SC). Após 11 meses de interrupção, o projeto retoma as atividades por meio do apoio da Eletrosul, via Lei de Incentivo à Cultura. 

Ao todo, 13 palhaços – artistas que trabalham profissionalmente com palhaçaria – despertam sorrisos e gargalhadas aos que estão internados na instituição. O repertório de cada dia de trabalho é construído a partir do encontro e da relação com crianças e adultos – sejam eles acompanhantes ou profissionais que atuam no hospital.

“Nosso papel é buscar o equilíbrio, ressaltar o que está bem. Os adultos se relacionam com a dor e com a morte. Nós vibramos na alegria, brilho nos olhos e disposição que as crianças têm na relação com a vida. É lembrar que estamos vivos e que pulsamos dentro, juntos”, diz Egon Seidler, ator e coordenador do projeto.

A orientação palhacística do grupo é coordenada pela Traço Cia de Teatro, idealizadora do projeto que em 2019 completa oito anos de atuação. O trabalho gira em torno do aprofundamento e pesquisa em relação às figuras construídas, expansão e decodificação de características cômicas para o desenvolvimento de repertório e aprendizagem de como usá-lo, deixá-lo disponível. Já a orientação musical é da cantora, atriz e preparadora vocal Bárbara Biscaro, que traz toda sua experiência para favorecer a expressão viva, criativa e prazerosa no fazer musical coletivo.

Em 2019, os (A)Gentes do Riso estimam receber 6 mil sorrisos (Foto: Diogo Andrade)

“O projeto é maravilhoso, pela questão da ludicidade. O fato deles serem atores profissionais, capacitados para atuarem dentro do contexto hospitalar e trazer essa alegria com um cuidado em termos de linguagem e atitude, traz um olhar mais humanizado. Os pacientes crônicos ficam na expectativa pela chegada dos palhaços e os recebem com gargalhadas. Para nós é muito bom receber o estímulo e o incentivo de ações culturais como essa, que amenizam a dor e o sofrimento. Somos gratos à Eletrosul por apoiarem com dignidade e serenidade a iniciativa”, ressaltou a chefe do Setor de Pedagogia do Hospital Infantil Joana de Gusmão, Cláudia Barros de Mattos Silva. 

Integrante do grupo desde a primeira edição, Gabriela Leite dá voz a palhaça Flor nas idas ao hospital. Durante o curso de teatro na Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc) ela teve contato com a linguagem do palhaço, vista como algo mágico para ela. “Ser uma (A)Gente do Riso é estar em casa. Aquela sensação de fazer aquilo que veio para fazer, sabe? O projeto ampliou para mim a dimensão da potência do encontro entre palhaço e público, ou do encontro entre pessoas e o poder que todos temos de fazer a diferença um para o outro. A criança tem o poder incrível de viver no presente, até nas circunstâncias mais difíceis. É impressionante e maravilhoso reaprender a acessar esse poder com elas. Os encontros vividos no hospital são momentos de troca de amor, alegria e cura, para quem está lá e para mim, para nós”.

Novidade

Neste ano, os (A)Gentes do Riso têm no cronograma de trabalho as visitas semanais às 14 alas do Hospital Infantil Joana de Gusmão e também uma ação nas ruas de Florianópolis. Eles promoverão a intervenção “O Abismo”, que permite que as pessoas experimentem novas sensações e saiam modificadas depois de saltarem de uma plataforma elevada e serem aconchegadas pelas palhaças e palhaços. A ação está prevista para outubro. O horário e o local são mantidos em sigilo. A ideia é surpreender. 


Assessoria de Imprensa | Eletrosul

(48) 3231-7588 | imprensa@eletrosul.gov.br

voltar        topo da página

Eletrosul Centrais Elétricas S.A.
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube