Torres

Destaque A- A+

29/11/2021 CGT Eletrosul compra 49% da TSLE

No dia 23 de novembro, a CGT Eletrosul fechou Contrato Definitivo de Compra e Venda de Ações com a Companhia Estadual de Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-T), através do qual efetivou a aquisição de 49% da participação detida pela empresa gaúcha na Transmissora Sul Litorânea de Energia S.A. (TSLE). 

Em 25 de novembro, a CGT Eletrosul pagou à CEEE-T o valor de R$ 217,55 milhões. Na mesma data, foi realizada a transferência das ações. 

Com a implementação da operação, a CGT Eletrosul passa a deter 100% do capital social da TSLE e irá promover futuramente a incorporação dessa Sociedade de Propósito Específico (SPE). A estratégia de aquisição integra o escopo da iniciativa de racionalização das participações societárias da Eletrobras, nos termos do Plano Diretor de Negócios e Gestão (PDNG 2021-2025).

EXPANSÃO
Constituída em 2012, a TSLE tem como propósito de construir, operar e manter instalações de transmissão arrematadas no Leilão Aneel nº 005/2012. Os ativos da empresa compreendem: LT Nova Santa Rita – Povo Novo, em 525 kV circuito simples, 268 km; LT Povo Novo – Marmeleiro 2, em 525 kV circuito simples, 152 km; LT Marmeleiro 2 – Santa Vitória do Palmar 2, em 525 kV circuito simples, 48 km, SE 525/230 kV Povo Novo 2 x 672 MVA; SE 525 kV Marmeleiro 2; SE 525/138 kV Santa Vitória do Palmar 2 e SE Nova Santa Rita 525 kV, um módulo de conexão da saída da LT 525 kV para Povo Novo.

Os ativos da TSLE constituem importantes empreendimentos que melhoraram o suprimento de energia elétrica no Sul do Rio Grande do Sul e a conexão dos parques eólicos da região com o Sistema Interligado Nacional (SIN). Sua Receita Anual Permitida (RAP) é de R$ 131,5 milhões.

voltar        topo da página

CGT Eletrosul
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube
  • Siga-nos pelo Instagram
  • Siga-nos pelo Youtube