Torres

Destaque A- A+

09/10/2019 Nova ampliação da Subestação Londrina

Localizada no Paraná, a Subestação Londrina passa por fase de ampliação, que permitirá o controle de tensão na unidade e um fornecimento de energia de melhor qualidade para a sua Região Metropolitana de Londrina, composta por 25 municípios e com população superior a 1 milhão de habitantes.

Posicionada estrategicamente, unidade é relevante na interligação Sul-Sudeste

A ampliação “M” consiste na implantação do 1º e 2º bancos de reatores de barra 525 kV, com a instalação de sete reatores de 50 MVAr cada, incluindo a unidade reserva, e seus respectivos módulos de conexão em 525 kV.

Em setembro, foram concluídas as atividades vinculadas à mobilização da obra, com construção dos canteiros e integração dos profissionais alocados em campo em relação a questões de segurança do trabalho, e também foram iniciadas as etapas de execução.

De acordo com o Departamento de Engenharia do Sistema da Eletrosul, atualmente, estão sendo realizados serviços de locação e estaqueamento das fundações, delimitação da área de trabalho, e atividades de carpintaria e armação das ferragens das fundações.

Área destinada à ampliação "M" do empreendimento (Foto: Vilson Jacinto de Matos)

A obra receberá um investimento total aproximado de R$ 36 milhões. Para sua execução, a Eletrosul firmou seis contratos – cinco para o fornecimento de equipamentos de pátio e um para aquisição dos painéis de proteção, controle e supervisão, e realização dos projetos executivos e dos serviços de construção, montagem e apoio ao comissionamento.

O prazo limite estipulado pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) para conclusão da obra é 9 de julho de 2020. Atualmente, o Departamento de Engenharia do Sistema da Eletrosul trabalha com a perspectiva de realizar a energização no início de maio do ano que vem.

Histórico

Com 31 anos de operação comercial e 2.016 MVA de potência instalada, a Subestação Londrina é responsável pela supervisão e controle da interligação Sul-Sudeste da Eletrosul.

Estrategicamente relevante para a empresa, possui conexão com as principais hidrelétricas do rio Iguaçu, Itaipu e com a termelétrica de Figueira. Controlando e supervisionando as principais fontes de entrada de energia no Mato Grosso do Sul.


Assessoria de Imprensa | Eletrosul

(48) 3231-7588 | imprensa@eletrosul.gov.br

voltar        topo da página

Eletrosul Centrais Elétricas S.A.
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube
  • Siga-nos pelo Youtube
  • Siga-nos pelo Youtube