Subestação

Geração A- A+

Após ter seu parque gerador totalmente privatizado, em 1998, a Eletrosul recebeu em 2004 a licença para voltar ao negócio de geração e, desde então, tem trabalhado intensamente com foco na sustentabilidade. Dez anos depois, reposicionou-se no mercado de geração como referência nacional em energias renováveis.

Hoje, a matriz energética da Eletrosul é predominantemente limpa, proveniente das fontes hídrica, eólica e solar, totalizando 1,873 gigawatt (GW) de potência instalada – energia suficiente para atender ao consumo de 10 milhões de pessoas. São R$ 5 bilhões em ativos de geração, próprios e em parceria.

 

 

HIDRELÉTRICAS

Desde 2013, a Eletrosul registra a operação plena de cinco hidrelétricas, com total de 522,5 MW de potência instalada: UHE Passo São João (77 MW), no Rio Grande do Sul, UHE Governador Jayme Canet Junior (363 MW), no Paraná, e UHE São Domingos (48 MW), em Mato Grosso do Sul, além das PCHs Barra do Rio Chapéu (15,15 MW) e João Borges (19 MW), em Santa Catarina. Em parceria, a Eletrosul também participa de empreendimentos estruturantes, como a Hidrelétrica Jirau (3.750 MW), em Rondônia, e a Hidrelétrica Teles Pires (1.820 MW), entre o Pará e Mato Grosso, assegurando assim o reforço energético necessário para a continuidade do desenvolvimento econômico e social do País.

 Empreendimentos Hidrelétricos (consulte aqui)

 

EÓLICA

Na geração de energia a partir dos ventos, a Eletrosul é uma das maiores investidoras na região Sul do País. Somente no Rio Grande do Sul, foram investidos aproximadamente R$ 1 bilhão em empreendimentos eólicos que totalizam mais 200 MW de capacidade instalada.

Em operação plena desde dezembro de 2011, o Complexo Eólico Cerro Chato, em Sant’Ana do Livramento, foi o primeiro empreendimento da estatal nesse segmento, com 90 MW. O complexo eólico foi ampliado em mais 127 MW com a construção de outros oito parques, que entraram em operação comercial entre 2013 e 2015. O empreendimento completo possui 11 parques eólicos com 108 aerogerados e capacidade instalada de 217 MW - energia suficiente para atender mais de 1 milhão de consumidores.

 Empreendimentos Eólicos (consulte aqui)

 

SOLAR

Reafirmando sua posição de vanguarda no incentivo ao desenvolvimento de fontes alternativas de energia, a sede administrativa da Eletrosul, em Florianópolis (SC), foi transformada em um complexo de geração fotovoltaica – o maior da América Latina integrado a um edifício. A Usina Megawatt Solar (1 MWp) produz energia suficiente para atender a aproximadamente 540 residências.  Vídeo

A mais recente meta da Eletrosul no segmento é prospectar investimentos em usinas solares não só fotovoltaicas, mas também de concentração. Junto a empreendimentos em Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Mato Grosso do Sul, a empresa instalou estações solarimétricas para iniciar estudos de viabilidade técnica e financeira.

Em Santa Catarina, está sendo implatada a Usina Termossolar de Laguna (0,25 MW). O empreendimento da Eletrosul será um dos primeiros do País a utilizar exclusivamente a energia térmica solar para geração de eletricidade. O objetivo é testar a eficiência da tecnologia CSP (Concentrated Solar Power). O empreendimento está orçado em R$16,5 milhões e será viabilizado pelo Programa de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel).

voltar        topo da página

Eletrosul Centrais Elétricas S.A.
Rua Deputado Antônio Edu Vieira, 999 - Pantanal - Florianópolis - SC.
Telefone: (48) 3231-7000
  • Siga-nos pelo Facebook
  • Siga-nos pelo Twitter
  • Siga-nos pelo Youtube